Borduguês:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindo(a) à Desziglobédia

A enziglobédia livre de gondeúdo e gue qualguer um bode edidar.

55 705 ardigos · 194 388 imagens

Ajuda

Embaijada

Bergundas

Bolítigas

Mídia

Gondribuir

Ardigo em destague
Segura essa, segura

Bomberman é um jogo produzido pelas organizações Al Qaeda, em união com a empresa PCC, onde o personagem principal (homônimo ao jogo) elimina seus inimigos com bombas enormes. O herói do jogo tem a aparência de um ninja robótico e, vez ou outra, costuma ser derrotado pela própria bomba. Muitos outros jogos bombásticos surgiram depois, dando seqüência à série Bomberman.

O jogo teve início em mil novecentos e lá vai bomba, quando um projetista da Al Qaeda Games mostrou um escopo do game que hoje seria conhecido como Bomberman. O pequeno projeto tratava-se de um tabuleiro de xadrez, mas com bombas e robôs no lugar das peças costumeiras. O chefe de projeto achou a idéia bacana e colocou em prática a produção do jogo. 75 anos depois, o jogo estava pronto e foi lançado no mercado. As vendas do jogo foram um verdadeiro estouro (entenderam o trocadilho?) e, semanas após o lançamento, todos os exemplares disponíveis foram vendidos, ou seja, todos os 6 exemplares.

Em 1983, o game foi lançado para computador, mas só tinha 1 fase. Anos após o lançamento para computador, o jogo ganhou mais 10 fases, porém com o mesmo gráfico, as mesmas cores e os mesmos objetivos, além das bombas estarem no mesmo lugar. O game conseguiu atrair a atenção do público, e, em menos de 20 anos, já havia conquistado o coração de mais de 50 pessoas. Com todo esse sucesso, o game teve versões para todos os consoles e projetores do jogos possíveis, desde Atari, até Wii, tendo versão até para tamagotchi e Brick game (alguém ainda se lembra disso?). O prestígio do game foi tanto que os produtores receberam o prêmio Dinamite de Ouro.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter Share on Google+



Evendos rezendes


Nezde dia...


Valando nizo, vozê zabia...


Imagem da vez
 
Abresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desziglobédia, uma (dez)enziglobédia esgrida com a golaboração de zeus leidores. A Desziglobédia é um zite de humor debochado e seu gondeúdo não debe zer levado a zério. Dodas as nozas regras e bolídicas gonvergem para um só bringípio: zer engrazado e não abenas idioda. É um bringíbio amoral, mas que imblica numa édica subjagente. Significa que, no âmbito da Desziglobédia, só bodem ter brogedênzia as grítigas que se refiram à qualidade diverdida de um ardigo. Não tem, bordando, nenhum sendido dendar defender os méridos morais ou ardízdicos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, brograma, gâme, etc.) e que tenha zido zaganeado num ardigo da Desziglobédia. Ezas coizas não inderezam nem um honorável bouquinho aqui.


Bardizibação
Dodos bodem bublicar gondeúdo onrine desde que não sejam vândalos ou desresbeidem as regras. Dendre as diverzas báginas de ajuda à zua disbozizão, estão as que esbligam como griar um ardigo, edidar um ardigo ou inserir uma imagem. Em cazo de dúvidas, não hesite em bergundar e dar sua abnião.


Gomunidade
A gomunidade bem crezendo dia bós dia. Borém brezisamos de mais golaboradores para bodermos ambliar o número de ardigos em língua borduguesa e expandir, melhorar e gonzolidar os que já exisdem.


Brojetos irmãos
A Desziglobédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundazam Desziglomidia. A Desziglomidia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com gondeúdo livre:


Lista completaComeçar uma nova edição