Bosta de cavalo na frente do Palácio Nereu Ramos, vulgo Congresso Nacional

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma bosta de cavalo na frente do Palácio Nereu Ramos, que é conhecido como Congresso Nacional

Bosta de cavalo na frente do Palácio Nereu Ramos, vulgo Congresso Nacional é uma bosta emaconhada, de um cavalo satânico. O Palácio Nereu Ramos é o edifício construído para abrigar o Congresso Nacional do Brasil, aquela merda do caralho, inaugurado em 1960, foi projetado por Oscar Niemeyer, velho pau no cu que já tá jantando com o Capeta hoje em dia, com cálculo estrutural de Joaquim Cardoso, filho da puta que ninguém conhece. É um dos três edifícios monumentais que definem a Praça dos Três Poderes, mas essa merda de artigo é sobre a bosta do cavalo que apareceu na frente do congresso, e não sobre o congresso que já tem artigo próprio.

Biografia[editar]

A bosta do cavalo nasceu em 2019, em Brasília. Ela saiu do ânus enrugadinho de um cavalo de Polícia Militar do Distrito Federal, e caiu bem na frente do Palácio Nereu Ramos, prédio que homenageia Nereu Ramos.

Nereu Ramos was a Brazilian political figure. He briefly served as 20th President of Brazil in the aftermath of the political crisis which culminated in the suicide of President Getúlio Vargas... opa, copiei do site errado... Voltando, Nereu Ramos foi um advogado e político brasileiro, que ninguém conhece. Foi vice-presidente do Brasil, eleito pelo Congresso Nacional, de 1946 a 1951, ano que sua vó ainda era virgem, aquela velha miserável enrugada do inferno.

Nereu Ramos foi presidente da República durante dois meses e 21 dias, de 11 de novembro de 1955 a 31 de janeiro de 1956, mas sofreu um impeachment por ser muito desconhecido, e também foi o único catarinense que presidiu o Brasil, mas nenhum catarinense filho da puta conhece esse cara... E merda, o artigo é sobre a bosta do cavalo e não sobre o Nereu Ramos, caralho!

A bosta foi cagada, recolhida, jogada num aterro, e hoje está no céu das bostas.