Cruzeiro do Sul (Acre)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: ????? Cquote2.png
Google sobre Cruzeiro do Sul (Acre)
Cquote1.png Isso fica no Acre? Então non ecziste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Cruzeiro do Sul
Cquote1.png São aquelas estrelas que parecem uma cruz Cquote2.png
Qualquer um sobre Cruzeiro do Sul
Cquote1.png NAAAAAAAAAADDDDDDAAAAAAA!!!!!!! Cquote2.png
Sr. Donizildo sobre o que tem para se fazer em Cruzeiro do Sul

Cruzeiro do Sul seria uma cidade no sul do Amazonas, na fronteira com o Peru, segundo professores de geografia. A Wikipédia diz que ele fica no Acre, mas como não existem provas acerca da existência desse estado, isso não pode ser afirmado.

História

Orgulho da civilização local, essa grande ponte por cima desse grande rio de lama que infesta a cidade.

Em 1900 e guaraná com rolha, um grupo de soldados azarados do exército brasileiro foram mandados para o extremo noroeste do Brasil onde deveriam tomar posse, definir fronteiras e explorar terras onde acreditava-se que viviam smurfs e outras criaturas mitológicas antes dos índios cocaleros bolivianos ali se assentarem.

Navegando pelo Rio Juruá, uma parte do grupo de soldados, sabendo de lendas de pessoas que avançaram em direção ao Acre e nunca voltaram, amarelavam e decidiram parar no meio do caminho e viver no meio da selva tirando leite do pau junto com os índios. Apesar de estar fisicamente no Peru, é considerado como parte do suposto estado do Acre.

Os que seguiram em frente nunca mais voltaram, provavelmente foram engolidos por algum buraco negro. Mas os que ficaram fundaram um cidade no sul do Amazonas, Cruzeiro do Sul. O resto da história ninguém sabe ao certo.

Uma das provas que ele fica no Amazonas é o seu nome. Se ele ficasse no Acre, seu nome seria "Cruzeiro do Oeste", já que no mapa no artigo da Wikipédia ele está a oeste do fictício estado. Porém, ele se chama Cruzeiro do Sul porque fica no sul do Amazonas, naquela região que ninguém sabe se faz parte da Bolívia, do Peru ou do Brasil. Quem defende a teoria que o município fica no Acre, além de achar que o tal estado existe de verdade, diz que o burro que deu nome à cidade não sabia porra nenhuma de pontos cardeais, e os políticos de lá ficaram com preguiça de corrigir o nome, o deixando assim até hoje. Já tentaram mudar o nome para "Cruzeiro do Norte", porque no mapa do Brasil ele fica no norte, e não no sul. Mas os políticos estão muito ocupados aumentando seu próprio patrimônio, portanto não tem tempo o suficiente para votar a correção do nome da cidade.

Geografia

A localização exata de Cruzeiro do Sul é incerta. Nem procurando no Google Earth você é capaz de achá-la. Cruzeiro do Sul se limita ao sul com o Fim do Mundo, ao leste com um portal para outra dimensão, ao oeste com o nada e ao norte com florestas e mais florestas.

Dizem que lá o clima é extremamente quente e chuvoso, algo insuportável para seres humanos normais. Para sobreviver, o organismo precisa estar adaptado às condições normais de temperatura e pressão atmosférica do município. De vez

Economia

Principal atividade econômica de Cruzeiro do Sul.

Até alguns anos atrás, a extração de leite do pau era a atividade mais prazerosa lucrativa de Cruzeiro do Sul. Os seringueiros passavam o dia cortando o pau para extrair o leite dele. Até que descobriram que o desmatamento e a venda de madeira ilegal são bem lucrativos. Tudo bem que os ambientalistas enchem o saco dos madeireiros, mas pelo menos eles não precisam ouvir piadas dizendo que seringueiro tira leite do pau.

População

O típico morador de Cruzeiro do Sul é resultado do cruzamento de um índio local com um nordestino que queria ir para São Paulo mas se perdeu na Amazônia com um traficante peruano com um plantador de coca boliviano com alguém que sabe-se lá o que faz naquelas bandas com uma criatura mitológica originária do Acre.

Transportes

Distante cerca de mais de mil quilômetros da cidade mais próxima, o único jeito de chegar com relativa segurança em Cruzeiro do Sul é de barco pelo rio. A rodovia que passa por lá é bem pior que a Transamazônica, e viajar de avião é arriscado pelo risco dele ser engolido por um portal que leva a outra dimensão ou parar no Triângulo das Bermudas.

Durante a vazante do rio, barcos não conseguem chegar lá. Nessa época, os habitantes de Cruzeiro do Sul ficam isolados do resto da civilização, sobrevivendo da caça de animais selvagens mas isso ainda é uma desgraça pois a maioria deles são índios e preguiçosos.