Demônio lhama!

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Sai, desse corpo! Cquote2.png
Imbecil Bispo sobre "Demônio lhama!".
Cquote1.png Ora, é apenas uma lhama falante, o que tem demais nisso? Cquote2.png
Noiado sobre "Demônio lhama!".

Demônio lhama! é uma exclamação de surpresa, susto, admiração ou, tudo junto. O que demônio lhama tem de diferente de outras exclamações? Primeiro é sua sonoridade que ninguém consegue pronunciar sem deixar estranha e também, outros motivos que serão explicados ao longo dessa página, se não quiser ler não precisa, mas se ler tem que concordar com tudo, ou não concordando tem que fzer de conta que concorda.

Como começou[editar]

Ora, não é um demônio, apesar de tudo.

Não se pode dizer que quem primeiro a pronunciou, o Pacha, seja o único culpado de sua existência. Na verdade é difícil apontar só um culpado mas, pode-se fazer especulações. Primeiro a Yzma, tem uma parte da responsabilidade por ter feito a proeza de transformar o Kuzco em gente, quiz dizer, em lhama, depois ela tem mais

Pacha levando demônio lhama para fazer um exorcismo.

responsabilidade ainda por ter mandado o Kronk matar o Kuzco, sabendo que ele sempre dá um jeito de falhar. O Kronk por sua vez tem culpa de não ter matado o Kuzco porque não quis e ter dado a desculpa da sua imbecilidade, de que falhou sem querer, bem como ele diz que falhou sem querer quando olha pra cara ou qualquer outra parte da Yzma e broxa na hora do vamos ver.

O Kuzco está de vítima na história, mas não deixa de ter sua culpa dessa frase estranha existir. Ele tem culpa de não ter morrido, também tem culpa de ter sido vacilão e caído na armadilha da Yzma e, tem culpa de ter ido ficar entre as lhamas do Pacha... Agora o Pacha tem culpa mas, embora tenha saído da boca dele o demônio lhama não é o maior culpadao e, pelo jeito isso vai ficar ser solução, já que ainda não se sabe um maior culpado para apontar, assim como as farras que você apronta em conjunto e depois acha um laranja para pagar sozinho... até na desciclopédia isso acontece mas, isso são outros quinhentos.

O ocorrido[editar]

Não é a estátua preferida do Kuzco.

O que aconteceu foi breve e imbecil demais para ajudar a saber quem mais tem responsabilidade nisso. O Kuzco, ainda transformado em quadrúpede continuou se achando mais do que qualquer ser que se acha conhecido mas, estranhamente, com aquele charminho de biba lustrosa e, se enfiando (não isso), entre os bichos e tentando igual tonto se comunicar e dar ordens a eles, desitiu mas, continuou por perto, sabendo que não poderia falar com qualquer pessoa ou seria sacrificado por ser considerado maldição dos deuses.

O Pacha viu aquela lhama apartada das demais e quis ver o que estava se passando com a bichinha (...). Assim que chegou perto Kuzco deu um resmungo daqueles que ele sempre faz para reclamar de algo e, deu um susto no Pacha que não pode dizer outra coisa senão: Demônio lhama! Qualquer pessoa saíria correndo e chamaria mais pessoas para caçar e matra o bichinho ou a bichinha (...), mas o Pacha, corajoso como é, se afastou um pouco mais continuou olhando para o estranho ser que estava entre suas lhamas. Até que entendeu o que se passava e resolveu ajudar a criatura, daí você já sabe, se não sabe veja o desenho, se não gosta de desenhos, vai se f... fazer qualquer outra coisa.

O curioso dessa frase é que qualquer outro bicho que se chame demônio antes do nome ou depois, não dá essa sonoridade estranha, mesmo que se tente achar um bicho que faça a frase parecer mais chamativa, segue lista:

  • Demônio cão, não funciona até mesmo por ser redundante.
  • Demônio gato, assustador mas, a sonoridade não dá nada.
  • Demônio vaca, além dos quatro chifres, mais nada muito chamativo na frase.
  • Demônio galinha, até o cacarejo dela tem uma sonoridade melhor.


Depois desses exemplos, deve vir mais coisas em sua cabeça, e vai compreender porque a exclamação demônio lhama é tão chamativa.


v d e h