Deodoro da Fonseca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deodoro da Fonseca de perna fina e bunda seca de {{{2}}} é um Cavaleiro do Brasil
Acompanhe a saga dos nossos poderosos heróis rumo à conquista do hexa!
Cavaleiros do Brasil.jpg
Essi artigo é cabra macho!

Aqui si fala com sutaque nordestino, si toma cachaça, si come rapadura e se podi ti furar com pexêra si tu pensá em futucá ele, visse?

Note: não se avexe em por mais coisa nessa muléstia.

Nordeste.jpg
Deodoro da Fonseca
Deodorolula.jpg
A barba mais sexy de toda a República Velha
1.º Presidente de Brasil
No cargo
15 de novembro de 188923 de novembro de 1891
Vice-presidente Floriano Peixoto
Primeira-dama Xuxa
Antecessor Dom Pedro II
Sucessor Floriano Peixoto
Pessoal
Nascimento 5 de agosto de 1827
Cidade de Alagoas
Morte 23 de agosto de 1892
Rio de Janeiro
Profissão Humorista, e assassino de humorista
Partido Por incrível que pareça... Nenhum

Cquote1.png Você quis dizer: O maior filho da puta da história do Brasil Cquote2.png
Google sobre Deodoro da Fonseca
Cquote1.png Você quis dizer: O maior traira da história do Br Cquote2.png
Google sobre Deodoro da Fonseca
Cquote1.png Você quis dizer: O homem que derrubou o Império por causa de ... uma mulher Cquote2.png
Google sobre Deodoro da Fonseca

Cquote1.png Eu não falo mais com Talarico/Talarico roubou minha mulher/Eu não falo mais com Talarico. Cquote2.png
Deodoro da Fonseca cantando antes de assinar o decreto republicano.

Cquote1.png Deixe-me assinar essa porcaria Cquote2.png
Deodoro da Fonseca sobre decreto republicano

Cquote1.png ...e com ele o Brasil deixou de ser um país de primeiro mundo. Cquote2.png
Historiador sobre Deodoro da Fonseca

Cquote1.png Se preparem pro golpe do século/ Se preparem para a trama sombria/Bem premeditada/E bem calculada/E um rei rejeitado/Será coroado/Por isso eu disputo, e por isso eu luto/ O trono terá que ser meu!/Que os amigos não me desamparem/Se preparem! Cquote2.png
Deodoro da Fonseca cantando antes da Proclamação da República (essa musica vai se repetir em outros momentos da História do Brasil)

Cquote1.png Okay-meme.jpg Cquote2.png
D. Pedro II sobre golpe de estado

Cquote1.png Muahahahahhahahahahahahhahahahahah!!! Cquote2.png
Deodoro da Fonseca sobre o exílio de D. Pedro II

Cquote1.png Judas!!! Judas!!! Cquote2.png
Tico Santa Cruz sobre Deodoro da Fonseca

Cquote1.png Cê traiu o movimento da Monarquia, velho! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Deodoro da Fonseca


Deodoro Carlos Magalhães Sarney Lorenzoni Maluf Agripino Brizola Maia Kassab Lembo Collor de Mello Milli Vanilli da Fonseca (mais conhecido como Marechal de Odoro) foi Marechal insatisfeito do exército que por não ter seu salário reajustado por vinte anos depôs (com um belíssimo pé-na-bunda) o Imperador D. Pedro II só porque o Imperatonto deu o Palácio da Guanabara como dote de casamento à sua filha Isabé - comprado com o rico dinheirinho dos barões do café de São Paulo (pode?) - e proclamou a República.

O proclamador da República, Marechal Deodoro da Fonseca, não era um grande fã da República. Pelo contrário, permanecera fiel ao Imperador Pedro II até horas antes do golpe militar, tendo mudado de ideia apenas ao ser enganado por Benjamin Constant, que disse a ele de que seu inimigo Silveira Martins seria nomeado primeiro-ministro do Imperador. E o que tem isso ?? Simples: uma ex-namorada do Deodoro o largou para se casar com Silveira Martins.

Isso mesmo que você ouviu, a República foi fundada por um cara que queria se vingar de um Talarico.

Carreira[editar]

Deodoro era apenas um alagoano fodão que com seus 8 irmãos foi para a Guerra do Paraguai, onde todos (exceto ele) morreram (isso devido ao excesso de camelôs na rua).

Anos mais tarde, após receber seus 300.569 títulos (entre eles Cavaleiro da Desordem do Cuazedo), foi que ele conseguiu vingar a morte de seus irmãos sobre os exércitos paraguaios (não que o exército brasileiro valesse alguma coisa, mas sim porque as armas deles eram de camelô e logo acabaram se as pilhas).

Após ser promovido pra mais uma porrada de coisas (entre elas Federação Internacional dos Bruxos, Suprema Corte dos Bruxos e Ordem de Merlim - 24ª classe), foi finalmente promovido a presidente desse lixo isso depois que ele se tornou o melhor amigo do Imperador D. Pedro II e após participar de uma conspiração para e torn. Foi presidente logo no início da República e demonstrou que mesmo sendo o primeiro já se podia fazer merda! No governo Deodoro ocorreu a Crise do Encilhamento quando Rui Barbosa lançou uma espécie de Plano Cruzado na época. Mas pelo menos os paulistas não tinham mais que pagar as contas dessa família só pra ficarem coçando o saco imperial sem fazer nada.

Merdas que fez[editar]

Retrato de Deodoro
  1. FUDEU UM PAIS DE PRIMEIRO MUNDO (EM ESCRAVIDÃO).
  2. Deu um Golpe de Estado (na verdade meteu um pé-na-bunda de trivela em Pedro II e sua família, que perdeu até o coturno) que instaurou a Republica (falida) do Brasil (na verdade trocou Império falido por República falida e tudo isso sem dar a bunda, né Conde d'Eu?) E por quê? por causa de uma briguinha entre ele e um cara lá. O motivo da briga? uma mulher! Não adianta, as tretas surgem por grana, cana ou xana.
  3. Criou o "Governo Provisório", que na verdade não era porra nenhuma, era só pra falar que fazia alguma coisa. Aprovou um bocado de leis (nenhuma delas realmente úteis) mas pelo menos o Brasil não tinha mais que gastar dinheiro para sustentar família imperial pra não fazer porra nenhuma. Dispensado.
  • Lei do Estrangeirismo: Passariam a ser brasileiros todos os estrangeiros residentes no país que não manifestassem, no prazo de seis meses, o propósito de conservar a respectiva nacionalidade. Michael Jackson é, portanto, um brasileiro, o que explica sua repentina vontade de fazer atrocidades.
  • Como todo político lixo que se preze, ele jogou a culpa de todas as merdas que fez em outra pessoa (no caso, a imprensa. Merecido). Deodoro proclamou a censura na Imprensa marrom, o que D. Pedro II nunca fez - aliás D. Peido II não fazia nada a não ser filhas feias. Mas era República, a coisa era mais feia que o Império Serrano, e quem reclamasse ia pro pau (né Conde d'Eu?). Com essa lei, iniciou-se o famoso ritual de só impor ditaduras nesse país (que de certa forma dura até hoje).
  • Por causa de todas essas merdas, Deus (non ecziste) brigou com Deodoro e o Brasil, que já era um super-lixo, virou um super-lixo-não-católico, (porém o Brasil acabou economizando uma graninha que ia para o ralo da família imperial para não fazer nada a não ser vender títulos de nobreza inventados na hora conforme a cara do freguês). Pra se vingar, Fonseca criou o casamento civil, dizendo que casamento "nas mãos-de-Deus" não era remunerado.
  • Vendo que mais cedo ou mais tarde os macaquinhos-de-tambor cérebros dos brasileiros iriam começar a funcionar, rapidamente ele extinguiu a pena de morte (mas só para os brancos).
  • Declarou Estado de Sítio do Pica-Pau Amarelo, aonde todos do país tinham que fingir ser burros como porcos e fingirem não perceberem que o presidente estava fazendo um monte de merda... E sem coroa não se pode fazer merda. É golpe.
  • Dissolveu o "Congresso dos Babacas" (por algum motivo o pessoal gosta dele. Talvéz seja pelo facto de ter metido o pé-na-bunda do Imperador, perder o único pé de coturno sem sola furada na ação e não ficar choramingando como rei sem trono. Ou talvéz seja pelo seu sotaque nordestino da moléstia).

Encilhamento[editar]

Essa deve ter sido principal merda que Deodoro fez depois de perder o coturno no episódio do pé-na-bunda do Imperador.

O Ministro da Putaria (Riu do Babacosa), que como economista era um excelente advogado, queria (afinal querer é poder) industrializar o país rapidamente (como se em algum dia isso fosse acontecer) e Deodoro o permitiu imprimir papel-higiênico papel-moeda (dinheiro, porra!) à vontade (sem levar em consideração o nível de orgasmo do país, para vocês terem uma noção de quanto era a inteligência desses nossos políticos). Mas afinal, quem manda nessa porra é o Marechal, falô? E obedece quem tem juízo, morô? Tá despedido Imperador.

Como todo o povão já sabia (bom talvez só os inteligentes), deu crise no país de novo.

A crise ficou conhecida como "Encilhamento", pois enquanto todo mundo se matava, Deodoro ficava fazendo os cílios.

Consequências:

  1. Aumento da inflatulência (pois todos agora não tinham o que comer para digerir). O próprio D. Pedro II tava vendendo o almoço para comprar a janta.
  2. Crise na economia (o PIB do nosso país caiu de R$ 0,26 para R$ -10,00). Mas o que é um peido para quem já tá cagado? (Não é mesmo Conde d'Eu?)
  3. Aumento da dívida externa (Deodoro, no meio da crise, se lembrou que ainda devia uma enorme dívida aos outros países - por causa da Guerra do Paraguai - nos quais andou visitando muitos "Puteiros Internacionais" onde, invariavelmente, encontrava (bebaço e cheiradaço) Pedro I.

O fim da merda[editar]

Deodoro recebeu um golpe armado (Revolta da Armada) de Custódio de Melo no qual jurou destruir por completo a Favela da Rocinha o Rio de Janeiro e saiu da presidência (nessa hora um mendigo entrou na sala presidencial e ainda ficou por lá um bom tempo....até que perceberam que ele não podia ser o novo presidente...). Quem sucedeu a presidência foi o Flores e Peixes.

Agora sim, o fim absoluto da merda[editar]

Isolado, doente e pensando em virar eMo, Manuel Deodoro da Fonseca morre no exílio ou seja no Rio de Janeiro.

Maldição da República Velha[editar]

Marechal de Odoro e seu sucessor Iron Man faleceram apenas um ano após terem deixado a presidência. Depois de se ausentarem do executivo, ambos receberam uma ligação da Samara Monarquista dizendo "você vai morrer no primeiro ano", e morreu. Samara Monarquista também ligou para Pedro II dizendo "tu reassume o trono esse ano, vai por mim", e morreu. A cara de pau não era só dos republicanos, mesmo com a expulsão (pé-na-bunda) da Família Imperial por parte dos milicos, alguns "príncipes" (ô racinha teimosa da porra) circulam por aí falando em "sucessão" e... O "pé-na-bunda" que o Marechal das Alagoas deu nessa família imperial não foi suficiente...


MarcoFeliciano.png Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.

Fucksaidsatan.gif
Deodoro da Fonseca ganhou uma estrelinha maldita, pois:

Acabou com tudo o que o Brazil poderia ser.

Vivaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

Vai continuar se esforçando no inferno para que nunca perca suas estrelinhas e consiga sempre outras como esta!
Devil star.jpg

Ver também[editar]

Precedido por
Imperador Pedro 2
Presidente dessa porra Nação
1889 - 1894
Sucedido por
Floriano Peixoto

Revolta da Vaci.jpg
História do Brasil: República Velha (1889-1930)

Eventos que você não se lembra porque não era nascido, e quem era está tão esclerosado que também não se lembra
Proclamação da RepúblicaConvenção de ItuCrise de 1929Café com leiteColuna PrestesCrise do EncilhamentoRevolta da VacinaGuerra de CanudosGuerra do Contestado


Presidentes, ditadores, políticos e outros nomes de rua
Deodoro da FonsecaFloriano PeixotoImprudente de MoraesCampos SalesRodrigues AlvesAfonso PenaNilo PeçonhaHermes da FonsecaWashington LuisRui BarbosaOswaldo CruzMarechal Candido Rondon