Geraldo Alckmin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desentrevistasminibox.PNG O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Geraldo Alckmin
Geraldo Alckmin
Alckmin nazi.jpg
Führer do Tvcanistão
Governador do Tucanistão
Período 1 de Janeiro de 2001 - ∞
Partido PSDB
Nível de honestidade Icon 00 percent.png
Perfil
Nascimento
Pindamonhangaba, link={{{3}}} São PauloBandeira do Brasil Brasil
Partido PSDB
Religião Tucanismo
Profissional
Profissão Renunciador de cargo (até ∞)
Personagem secundário de eleição presidencial (até 2018)
Dados Pessoais
Sexo Com o Serra
Geraldo Alckmin, funcionario nº.1 da usina nuclear do José Serra (o exagero capilar é proposital)
Depois de perder a eleição pra presidente, Alckmin é a esperança do Brasil no Tênis de Mesa em Tóquio Japão 2020

Cquote1.png Você que está aí em casa... Cquote2.png
Geraldo Alckmin sobre você
Cquote1.png A sua pergunta é muito importante! Cquote2.png
Geraldo Alckmin sobre a pergunta do "Eleitor Indeciso"
Cquote1.png É, mas veja bem a diferença entre mim e o outro candidato... Cquote2.png
Geraldo Alckmin sobre a diferença entre ele e o outro candidato

Geraldo Alckmin (Alquimím, segundo Sílvio Santos), também conhecido como Picolé de Chuchu, é o atual presidente do PSDB (Partido das Surubas do Dória no Brasil) e eterno derrotado em eleições presidenciais. Sua carreira política foi encontrada morta às 19 horas no dia 7 de Outubro de 2018, ao lado da carreira política de Marina Silva.

Agora sendo apenas o presidente de um partido morto e não tendo moral sequer no Tucanistão, onde ainda é lembrado pelo furto de merendas, o futuro de Alckmin é incerto. Muito provavelmente ele irá se dedicar a comandar o PCC e a Revista Veja em tempo integral, mas o destino o encarregou de levá-lo para a RedeTV! das universidades brasileiras, a UNINOVE, que certamente não é dez, de modo que agora dará aulas como especialista em anestesias e em acupuntura, assim como no horário político fazia as pessoas dormirem com seu discurso obscuro, molenga e sonolento sem sentir dor alguma, igual as agulhas de acupuntura.

Feitos[editar]

Geraldo Alckmin sabe aplicar muito bem a lei da troca equivalente.

Alckmin transformou São Paulo na Alckminlândia terra maravilhosa, cujos rios jorram leite e mel, não há homicídios, e as escolas públicas estaduais preparam os melhores cérebros do mundo.

Alckmin formou-se médico anestesista na Unitau, e de tanto servir de cobaia, até hoje é totalmente insosso.

Depois de centenas de analgésicos, descobriu que poderia viver nas tetas do povo.

Em 2006, Alckmin puxou o tapete do Serra e saiu candidato a presidente. Estudou o lançamento de uma grife de camisetas "De Pindamonhangaba para o mundo". Magoado pela derrota nas urnas e desempregado, bateu de frente com o Serra novamente e saiu candidato à prefeitura de São Paulo.

Geraldo Alckmin Acne tem um currículo político bem-sucedido: Apoiado pelo governo militar, foi Vereador com 19 anos e a partir disso nunca mais teve um trabalhomandato eletivo na vida.

  • vereador com o auxilio dos militares
  • prefeito o pior de pindaibamonhangaba
  • deputado estadual (quem souber de um projeto dele, ganha um doce)
  • deputado federal por duas vezes, derrubando aquela teoria de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar.
  • vice-governador, (no tempo que vice servia só para buscar o cafezinho)'
  • governador, até o PCC assumir o governo
  • Candidato (derrotado) a presidência, com pretensão de falar como homem e armar barraco como criança
  • Favorito nas eleições para prefeito de Pindamonhangaba em 2666
  • Adquiriu e implantou trezentos modernos 'Trens Fantasma' na cidade de São Paulo através da CPTM: A Alstom recebeu milhões de dólares e não entregou sequer um parafuso dos trens

Com mais 30 anos de vida pública, 11 são no governo de São Paulo, para desespero de qualquer paulista de bom senso. Geraldo Alckmin também diz ter sido médico. Mas médico tem que dar plantão pelo menos uma vez por semana, e como trabalhar não é o forte do geraldinho... E ele nunca trabalhou. Desde que completou 18 anos ele vive com salário do governo.

  • conseguiu dedo no cu e gritaria em um debate ao vivo
  • chamou sal no rabo pro x1 junto com o ciro games

Companhias[editar]

Com outros membros de um seleto grupo formado por Franco Montoro, Mário Covas, Fernando Henrique Cardoso e José Serra, e depois de desenvolveram avançadas técnicas de desvio de verbas públicas e com o objetivo de vender todo o capital nacional fundaram em 1988 o PSDB (Partido da Sacanagem e do Desvio de Bufanfa). Geralmente se reúnem na "Geral do Alckmin".

Contam que certa vez, enquanto governador e cansado de não fazer nada, resolveu passear pelo Palácio dos Bandeirantes catando bitucas de cigarro no chão.

Segundo comentários dos seguranças: "Como governador, ele é um ótimo lixeiro."

Dinheiro do Dossiê[editar]

Geraldo não sabe de onde veio o dinheiro do dossiê! ele quer saber de onde veio o dinheiro do dossiê! você aí! sabe de onde veio o dinheiro do dossiê? bom, queremos saber de onde veio o dinheiro do dossiê. E é por isso que Gerlado Alckimn irá criar e comandar o novo programa de horário nobre que passa apenas no Acre: De Onde Veio o Dinheiro do Dossiê? no qual aparecerão pessoas fantasiadas de Lula e terão que responder a grande pergunta. Quem der a melhor resposta, não ganha nada, mas mostra onde está o dinheiro do dossiê! Zé Dirceu, Haddad e Genoino sumiram com o dinheiro e foram parados numa blits botando a culpa em Geraldo e Serra.

Família[editar]

Casado e pai de 3 filhos, onde toda a família segue os passos do grande líder.

Dona Lucia a matriarca da família, já ganhou em roupas mais que o patrimônio declarado do marido, seu filho Thomaz é sócio de um SPA junto com Secretaria de educação de São Paulo, sua filha Sophia acompanha o pai em quase todos os compromissos políticos e quando sobra tempo acompanha a patroa, dona da Daslu e patrocinadora da Canção Nova, em suas visitas de esclarecimento na Polícia Federal.

Extremamente religioso, chegou a se comprometer caso vencesse as eleições de 2006 a colocar um "cálice" no pescoço.

Enquanto isso, nós da Desciclopédia continuamos a assistir a sessões de tortura comandadas pelo Coronel Ubiratan e pelo Jamanta.

Governo[editar]

1° Mandato[editar]

No primeiro mandato Geraldo tentou legalizar a maconha no Estado de São Paulo seguindo o conselho de Fernando Henrique Cardoso mas Zé Dirceu e Genoíno barraram em Brasília. Geraldo tentou combater o crime e foi impedido pelo Polícia Militar estava em fase de decadência.

2º Mandato[editar]

Geraldo importou médicos cubanos viciados em fumar charuto e resolveu um pouco mas a violência ainda dominava as ruas. Geraldo fez um pacto com Mulher Melão que tinha se candidatado a vereadora e melhorou as boates de baile funk

Galeria[editar]

Videos[editar]

Precedido por
Aloysio Nunes Ferreira Filho
Vice-ditador do estado de São Paulo
1995 - 2001
Sucedido por
Cláudio Lembo
Precedido por
Mário Covas
Ditador do estado de São Paulo
2001 - 2006
Sucedido por
Cláudio Lembo
Precedido por
Alberto Goldman
Ditador do estado de São Paulo
2011 - 2018
Sucedido por
Márcio França
Principais Candidatos à Ladrão-Mor HUEHUEHUEBR de 2018
Moro na cadeia.jpg
Lulindo | Bolsolula | Bolsionista | "Andrade" | Picolé de chuchu | Tortuguita | Coroné | Coringa | FHC 2.0 | Gui Bolos | Ey-Ey-Eymael | Cabo sem miolo | João Amoeba | Tal pai, tal filho | Stalina | Comunista Gostosa | Luciano Huck | Dr. Rey
BolsonaroCotoco.jpg