Oto, o Grande

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é relacionado à história.

Não estranhe a pederastia da Grécia Antiga. Tá bom, só um pouco.

Abraham Lincoln a cores.png

Oto, o Grande foi o único imperador, ou rei, ou tanto faz que tinha o apelido de grande e era grande mesmo... Tá nem tão grande, é famoso por ser o único rei da Alemanha que está nos livros de história e famoso também porque o período da Idade Média passa em branco e então ninguém nunca ouve falar sobre esse tal de Oto, além de haver outros Otos por aí. Então não tenha certeza se esse era mesmo o Oto que você estava procurando.

Início do Reinado[editar]

Como foi a geração de Oto desenhada por ele mesmo.

Como sempre, não é citado seu nascimento e pula logo para a parte interessante, ele foi o sucessor do seu pai que, paranoico com a virada de 999 para 1000 ele resolveu se suicidar, tanto que não houve festa quando aconteceu a virada, só foi todos rezando pensando que o mundo ia acabar.

Seja como for, ele pediu quatro mordomos pessoais na sua cerimônia de coroação, agora, o que isso tem importância? Eu não sei. O cara tem mais de 1500 anos, vai ver que é isso.

Um dos fatos de quando ele assumiu foi que ele era o único herdeiro mais próximo do antigo rei, que tinha escolhido os parentes da França só que, após uma "morte grupal" tudo acabou indo pra cucuia e então sobrou ele pra reinar no lugar do pai dele. Pelo jeito ele tinha descoberto que aquele nem devia ser o filho dele, mas que se dane, ninguém sabe se é verdade pois ninguém procurou pois ninguém liga.

Entendido?

No início de seu reinado começou ruim: Teve várias revoltas por parte dos Ricos e de um cara que queria ter um reino só dele, na Bavaria. Obviamente o pedido foi negado e Oto tentou ficar firme o quanto pôde, então ele fez um plano maquiavélico para ele ter um pouco de poder.

Que quase não tinha.

Plano Maquiavélico[editar]

Seu plano consistia em controlar a Igreja (que já apoiava o seu pai, pois ele era um grande cliente Cristão) que possuía um grande poder sobre a população e sobre o exército, e controla-se a Igreja se controla os Ricos também. Depois de uma manobra ele consegue esse controle.

Então, o primeiro teste foi depor o Duque da Bavaria sem motivo nenhum, grande pressão e num passe de mágica o duque não estava mais lá!

Porém não passou disso já que seu Plano não deu muito certo pois não conseguiu controlar os ricos e depois disso já tinha gente conspirando contra ele.

Quando tudo dá errado[editar]

Depois de várias revoltas por parte dos ricos um Duque, o irmão de Oto e um representante do Clero Igreja conspiram para planejar a sua morte, no fim o Arcebispo e o outro conspirador acabaram na Guilhotina e seu irmão acabou pulando fora se escondendo na França. Oto decidiu só escolher pessoas próximas da sua família para evitar revoltas mas nem isso deu certo ou impediu que Henrique voltasse a virar um duque da Bavaria.

Isso deu um novo apelido para Oto, que nunca foi grande (ele só arranjou uma forma de separar a Alemanha de um jeito diferente), que agora tinha um complemento: Oto, o Grande Idiota e isso ficou só marcado como grande para não envergonhar os Alemães atuais, que já tem que suportar a vergonha do Nazismo e das derrotas militares.

Seja como for, não deu nem pra usar o poder da Igreja direito e o que servia para "unificar e fazer a paz" (se é que ele pretendia) estava contra ele... No fim do império.

Morte[editar]

Acabou morrendo deixando o seu "melhor trabalho" incabado: A conquistação da Itália (o que? Ela já foi conquistada uma vez?) e teve o maior fracasso no sul dela, quando faltava bem pouquinho. Ai! Tinha combinado com o território. Seja como for, ele acabou morrendo e sendo enterrado a olado de sua primeira esposa NA FRANÇA E NÃO NA ALEMANHA dando espaço para Oto "Dois I".

Que veio a ser quem completou o trabalho do pai e fez melhor, depois veio o Oto "Três I" que fez a Germânia voltar ao tamanho original.

Como ele morreu? Não se sabe como.

Hobby[editar]

Seu maior Hobby foi arranjar casamentos para seus filhos, não há nenhum comentário sobre sua beleza pois não há nenhuma imagem mostrando o seu rosto, provavelmente deve ter sido tão feio quanto o de Oto II e Oto III juntos.

Ver também[editar]

  • O que se tornou a Germânia: A Alemanha.