Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

57 350 artigos · 200 381 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Mídia

Contribuir

Artigo em destaque
Olhando bem de perto isso aí, nem parece um hentai...

Sonhos Molhados, conhecido entre os japoneses como Cream Lemon, é o primeiro hentai da história da humanidade! Ok, é mentira, os japoneses já desenhavam putaria muito antes da criação deste anime... Mas sem dúvidas foi graças a ele que o estilo atualmente é considerado arte e não somente uma perversão doentia.

Na verdade, se formos comparar Sonhos Molhados com hentais mais famosos como Bible Black ou Discipline, a série está mais para um ecchi ou até mesmo um simples shoujo, já que as cenas de sexo nem chegam a ser explícitas e as genitálias dos personagens ficam censuradas. Entretanto, Sonhos Molhados foi lançado nos anos 80, antes da época em que punheteiros aficionados pausavam Street Fighter quando jogavam com a Chun-Li para bater uma com a imagem poligonal desfigurada da lutadora, ou seja, o OVA foi responsável por aumentar consideravelmente o crescimento de pelos nas mãos dos japoneses.

Ainda na década de 80, Sonhos Molhados foi lançado no Brasil de forma clandestina pela mesma produtora de vídeo responsável pela obra de arte Experiências Sexuais de um Cavalo, só que como tratava-se de um desenho animado, ficava na seção de filmes infantis das videolocadoras, mesmo tendo o nome adaptado sugestivamente em português. Assim, Sonhos Molhados tornou-se o primeiro pornô a ser assistido por muita criança oitentista, consequentemente, é até hoje lembrado com muito carinho por adultos na faixa dos 30 e 40 anos por bater punheta assistindo essa joça enquanto os pais acreditavam que era apenas um desenho inocente.

Clique aqui para esse artigo de um anime hentai



Eventos recentes


Neste dia...


Sabia que...


Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: