Paladar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Paladar é um dos sentidos de muitos bichos da fauna, mas se forem bichas da fauna alguns dos paladares são de gosto duvidoso, pois apreciam o gosto de linguiça crua, e gosto não se discute, mas a baixaria foi apenas para que você perceba o que é paladar, sem precisar colocar coisas estranhas na boca.

Dentro da boca[editar]

O paladar é eficaz, mesmo em línguas pequenas assim.

O paladar fica dentro da boca, mais precisamente em cima da língua, por isso os sapos e seu outros irmãos do brejo também têm a vantagem de pegar o alimento e já sentir o gosto, sem nem precisar usar as mãos, já que aquela l[íngua divina deles, já faz o serviço da mão, da tigela ou prato,

Não esqueça de que a salivação é auxiliar das papilas gustativas.

dos dentes e tudo o mais... Só tem uma coisa, eu não sei se sapos possuem mesmo paladar, pois se já comeu um inseto a maioria dele não costuma ter gosto muito bom, eu já comi vários deles, se você experimentou sabe disso, claro que, não seja idiota de comer os venenosos.

Deixando um pouco a língua dos sapos, sendo o paladar dentro da boca e não em qualquer outro lugar, por mais que ouça relatos estranhos sobre partes do corpo de algumas pessoas, mas normalmente o paladar é na língua, sendo aumentado por outro sentido que é o olfato. Sem o olfato, o paladar perde parte da graça, pois se a pessoa estiver com o narigão entupido, sentirá apenas se está comendo um marmelo e não um bacalhau, mas para que uma coisa chamada aroma se faça notar, deve haver a junção do paladar com o olfato e a experiência é muito melhor. Por isso evite gripes, rinites, alergias e outras dessas porras que atrapalham nossa vidinha, evite que o nariz se entupa com muito ranho, esteja ele transparente, amarelo, verde... E também não queira experimentar ele no paladar, assim que sentir uma coisa salgadinha em sua boca, que sair do nariz ou que foi do pulmão para a garganta, cuspa isso fora.

Consertando o paladar[editar]

Algumas pessoas doidas gostam de sentir coisas metálicas em tempo integral.

Como gosto não se discute, o paladar também não, até porque ele quem deu o gosto a tudo e gosto se transformou em coisas que até nem têm tanto haver com gosto, como efeito visual, que nem é de comer, nem de tomar, logo nada tem haver com paladar, embora algumas vezes dê vontade de mamar, horas, isso não é pra extrair alimento... e mesmo alguns casos do gosto visual(se visual tiver gosto), é bem relativo, se estiver vendo em carne e osso, os truques acontecem mais são menos frequentes, o que não acontece em fotografias e ainda assim, existe gosto pra tudo, menos para coisas sem gosto, que nem o paladar aguçado consegue captar.

Mal gosto não costuma ter conserto, isso é pra vomitar logo. Na comida pode-se dizer que alguns gostam tostadinho, mas ninguém gosta de coisa queimada. Alguns gostam de comida com pimenta, mas ninguém consegue comer pimenta com comida, e também apenas no olho dos outros é que pode-se gostar do refresco. Alguém pode gostar de coisas azedas, mas ninguém vive com limão na boca, a não ser que esteja para dar à luz,

Há momentos em que qualquer sabor fica difícil de engolir.

mas nesse caso não conta, já é algo doido demais um ser formando outro pequeno ser dentro do organismo, só de pensar dá tontura... Nem consigo imaginar que gosto pode ter, querer engravidar, mas elas engravidam de modo a seres extraordinários como eu e você possamos existir e ser amados, como eu disse, gosto não se conserta.

Como esse artigo está ficando amargo, nem vou gastar mais papilas gustativas tentando dar mais gosto à ele e por enquanto que sabor seja esse.

Ver também, se quiser[editar]

  • Boca, o paladar fica mesmo dentro dela, pode acreditar.
  • Língua, o paladar fica em cima dela.
  • Saliva, ela dá uma boa ajuda.
  • Dentes, mas se for banguela, ainda pode degustar.
  • Olfato, lembrando, evite comer com o nariz entupido, pois o paladar sem o olfato confunde tangerina com pepino.