Purgatório

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Purgatório.
Para garantir maior desconforto a seus frequentadores, os funcionários do Purgatório sempre mantêm a sauna na temperatura máxima.

Purgatório (do latim Purgatorius, que significa "purgante" ou ainda "pulga à toa" -- favor não confundir com mictório ou vomitório) é um lugar destinado a todo tipo de gente que levou uma vida bem mais ou menos, ou seja, não foi nem tão bom para entrar no Céu e nem tão mau para ir direto para o Inferno. É habitado por pessoas sem graça, que têm que viver aventuras muito loucas com as maiores confusões até estarem preparados para a etapa seguinte: subir ao Céu e passar a eternidade inteira jogando golfe em seus infinitos gramados.

Como chegar[editar]

De acordo com uma empresa de Deus e com o Manual Divino de Instruções para o Pós-Morte, logo após morrer o defunto, já virado fantasma, é submetido a um intenso e severo julgamento, durante o qual se define o seu destino. Por ser extremamente detalhado, esse processo normalmente durava quase a eternidade inteira, o que fazia com que as almas ficassem vagando por aí, sem lar nem família, o que aumentava em muito a criminalidade do Limbo. Por causa disso, foi aprovado um projeto de Lei Divina que acelerava o processo, fazendo com que ele, agora, não dure mais que cinco minutos. Assim, atualmente o destino da alma do presunto -- Céu, Inferno ou Purgatório -- é definido por meio de um rápido e prático jogo de pedra, papel e tesoura

Caso dê a sorte (ou não) de ser levado para o Purgatório, o finado será açoitado diariamente, no meio de um fogo eterno e purificador, até tomar vergonha na cara e pedir desculpas por todos os seus pecados, até mesmo por ter chamado seu colega de bobo, chato, feio e cara-de-mamão no jardim de infância. O mesmo livro diz que as pessoas que são enviadas para o local são consideradas manchadas, o que indica que os mais propensos a ir fazer um passeio por lá são dálmatas e portadores de vitiligo.

Campo de atuação[editar]

Como atualmente ir ou não para o purgatório tornou-se questão de acaso, não existe maneira de saber se você vai passar uma temporada lá antes do seu destino final. Em todo caso, o quadro de diretores da Purgatório Incorporated Enterprises resolveu já ir preparando as pessoas que ainda não morreram para a insuportável dor e sofrimento que eles têm a oferecer. Assim, começaram a atuar já no mundo dos vivos: por exemplo, Purgatório™ é uma marca registrada da Micro$oft. Entretanto comercialmente seu produto ficou conhecido como Windows.

Além disso, eles podem ou não ser responsáveis pelos seguintes castigos a que nos submetemos diariamente, entre outros:

Ver também[editar]