Sapeca

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sapeca gosta de aventurar-se!

Este artigo é sobre alguém que vive perambulando por todo canto, fugindo de perigos com a adrenalina a flor da pele.

Faça como Sapeca e saia se balançando nos cipós!
250px-KONGS.png


Exemplo de pessoa (desenhada) já crescida, com cara de sapeca.



Sapeca é uma coisinha qualquer que seja saltitante como perereca, e como mesmo, mas isso não vem ao caso. Sapeca costuma não dar ouvidos quando é pedido para que pare de sapecar, mas não adianta, porém não é por falta de educação, mas sim, porque está tão eufórica que não consegue ouvir mais nada mesmo não sendo surda. Pode ainda significar o ato de sapecar algo, que significa aquecer levemente, no geral até que pule.

Sapecando[editar]

A origem do termo é porque, segundo aquele nosso grande amigo especialista em linguística, para qual eu sempre peço ajuda, quando o pai dos inteligentes não dá uma resposta satisfatória, que arregalou os olhos e já pensou na resposta dizendo um pouco depois o seguinte: Sapeca vem de sapecar que é quando algo, tipo pipoca começa a pular com o aquecimento, mas que com o tempo uma pessoa que pula pode ser assim chamada, e geralmente, gosta de pular bastante e fazer pequenas artes.

Quando a sapequice é feita por criança, só é engraçado para quem não está responsável por ela, mesmo que não seja uma grande sapequice. Se é feita já por aquelas pessoas mais crecidinhas pode-se fazer uma sapequice semelhante com ela, mas se essa pessoa for daquelas é bom que ela pule bastante em nosso colinho, ô se é.

As pessoas mais sapecas costumam rir muito da cara dos outros, não por deboche, mas é uma zoeira sem maldade e gostam de rir, sem exagero, mas gostam. E só olham para a face da pessoa que levou travessura ao invés de gostosura, e lá segue a gargalhada. Falando em travessura ou gostosura, mesmo fora do Halloween, se você for inteligente, e levou a travessura, daquela já citada pessoa sapeca, pode em troca conseguir dela, aquelas gostosuras, que você deve saber quais são elas. E assim, até vale a pena, a sapequice.

Seres e coisas sapecas[editar]

...e mais exemplos de caras de sapeca.

As pererecas costumam ser muito sapecas, e gostam de pular algumas vezes molhando todo quem elas estão atingindo com os pulos. Sim você deve tambem, deixar a perereca bem molhada, mas assim mesmo ela continua gostando de pular, o jeito é deixar ela pular até cansar.

Se os bichos forem muito sapecas, ponha-os para uma disputa.

Outra coisa sapeca é qualquer alimento que você tenha que segurar com as mãos e não por no prato. Esses alimentos, mesmo que você tenha as mão firmes costumam pular sozinhos, essa é a pior das sapequices existentes. Às vezes você mesmo preparou aquele pão-com-ovo... não não, embora existam pães-com-ovo bem sapecas, mas não vou dar isso como exemplo, melhor: aquele cachorro-quente, mas bem caprichado mesmo, se você não segurar bem firme, e não jogar ao menos um pedacinho de tomate pro santo, corre o risco de sapecar e pular de suas mãos.

Bichos, no geral, os cachorros e gatos são os mais sapecas mas nada que aquele chute que faça voar longe ou faça sair ganindo e manquitolando não resolva. Não, não. É melhor não fazer isso porque a sociedade protetora dos animais pode encher o saco é muita judiação e falta de paciência. Se o bicho muito sapeca quiser brincar e você estiver sem tempo e/ou disposição, jogue um brinquedinho sapeca pra ele, tipo que se mexa sozinho, que o bicho bobo vai ficar um tempão brincando com aquilo. Então relache e vá sapecar uma pipoquinha.

Ver tambem[editar]