Página principal

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindos à Desciclopédia

A enciclopédia livre de conteúdo que qualquer um pode editar.

61 005 artigos · 202 640 imagens

Ajuda

Embaixada

Perguntas

Políticas

Portal comunitário

Mídia

Chat

Contribuir

Artigo em destaque
Cquote1.svg Bem, não tá tão ruim assim... tipo, poderia ser pior, né? Cquote2.svg
Sonic the Hedgehog

Sonic Forces Jedi (também conhecido como Project Sonic 2017 em tempos obscuros) é um jogo do Sonic (dã!), além de ser uma das maiores trolladas que a Sega já fez com o seu mascote, pois se aproveitou dos inúmeros paradoxos temporais anulados na série para criar um futuro distópico pós-apocalíptico a lá Mad Max, onde Dr. Eggman finalmente dominou o mundo, sobrando para Sonic e sua trupe terem a missão de concertar essa cagada.

Esse jogo se passa há muito tempo atrás, numa galáxia muito, muito distante num tempo fudido, em que caralhos sem explicação alguma o Dr. Ivo Eggman Fuckyounik finalmente conseguiu concretizar o seu sonho de dominar o mundo e escravizar toda a raça humana, bem como os animais, furries, robôs e o cacete, estabelecendo assim o seu Império Galático.

Para combatê-lo, Sonic e seus amiguinhos sobreviventes dessa desgraça se uniram para criar a Aliança Rebelde, a fim de combater as maquinas monstruosas do balofo desgraçado e reestabelecer a antiga República Brasileira Capitalista, contando ainda com a ajuda do Sonic Clássico, Bubsy um novo personagem-genérico, Mestre Yoda e Luke Skywalker. Assim começa a 666ª Guerra Mundial para libertar o planeta a galáxia do Lado Negro da Força.

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter



Eventos recentes


Neste dia...



Imagem do dia
 
Apresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desciclopédia, uma (des)enciclopédia escrita com a colaboração de seus leitores. A Desciclopédia é um site de humor debochado e seu conteúdo não deve ser levado a sério. Todas as nossas regras e políticas convergem para um só princípio: ser engraçado e não apenas idiota. É um princípio amoral, mas que implica numa ética subjacente. Significa que, no âmbito da Desciclopédia, só podem ter procedência as críticas que se refiram à qualidade divertida de um artigo. Não tem, portanto, nenhum sentido tentar defender os méritos morais ou artísticos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, programa, game, etc.) e que tenha sido sacaneado num artigo da Desciclopédia. Essas coisas não interessam nem um honorável pouquinho aqui.


Participação

Todos podem publicar conteúdo on-line desde que não sejam vândalos ou desrespeitem as regras.

Dentre as diversas páginas de ajuda à sua disposição, estão as que explicam como criar um artigo, editar um artigo ou inserir uma imagem. Em caso de dúvidas, não hesite em perguntar e dar sua apnião.


Comunidade
A comunidade vem crescendo dia após dia. Porém precisamos de mais colaboradores para podermos ampliar o número de artigos em língua portuguesa e expandir, melhorar e consolidar os que já existem.


Projetos irmãos

A Desciclopédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundação Desciclomídia. A Desciclomídia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com conteúdo livre: